Category: Outros

Mononucleose, mais conhecida como a doença do beijo

fevereiro 5

Oiii pessoal,

Carnaval chegando, e o assunto que vem a tona é a mononucleose.Também conhecida como a doença do beijo, a mononucleose costuma acometer os adolescentes, quando despertam para a vida sexual. Provoca febre, enfartamento dos gânglios do pescoço e das axilas, comprometimento do fígado e do baço, entre outros sintomas.

O vírus responsável pela doença é o Epstein-Barr, da família Herpesviridae, transmitido pela saliva contaminada num contato íntimo entre as pessoas, daí o nome doença do beijo.

O diagnóstico pode ser feito por um exame de sangue específico. Quando adultos fazem esse exame, a maioria fica sabendo que foi infectada pelo vírus e teve a doença no passado sem se dar conta de sua atividade, pois os sintomas foram confundidos com os de infecções banais comuns na infância e na adolescência. Em alguns casos, porém, os quadros são mais intensos e prolongados, a febre é alta e custa a desaparecer, o que assusta muito os pacientes e seus familiares.

É justificada a fama de doença do beijo que a mononucleose tem?

É uma fama justificada. Tendo em conta que a saliva é um dos veículos de eliminação do vírus, o beijo facilita sua transferência para a pessoa que ainda não foi infectada. Além disso, como a mononucleose tem pico de incidência entre os15 e os 25 anos, ou seja, entre adolescentes e adultos muito jovens, o beijo está diretamente implicado na transmissão do vírus pelo menos nas populações socioeconômicas mais diferenciadas.

Para o vírus ser transmitido é necessário haver contato íntimo entre as pessoas, ou ele pode ser transmitido pelas gotículas de saliva que eliminamos ao falar ou a tossir como acontece na tuberculose, por exemplo?

O vírus da mononucleose é muito sensível às condições ambientais, de maneira que permanece viável por curto intervalo de tempo, o que dificulta sua transmissão se não houver contato muito estreito entre as pessoas. Essa é a razão pela qual a doença não é vista, a não ser excepcionalmente, em condições de surto simultâneo dentro de uma família. Na maioria das vezes, ocorrem casos esporádicos, com alguns portadores transitórios em determinado meio, de tal sorte que a pessoa com mononucleose não tem notícia de outro caso no círculo em que convive.

Por que outras vias o vírus Epstein-Barr da mononucleose pode ser transmitido?

Excepcionalmente, pode ser transmitido por transfusão de sangue, e mais excepcionalmente ainda, por via transplacentária, se a gestante adquirir o vírus durante a gravidez.

Existe transmissão sexual documentada? 

Não existe. Esse vírus não faz parte da lista dos que causam as doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Quais são os principais sintomas da mononucleose?

A febre é sintoma obrigatório da doença. O comprometimento de toda a garganta e da faringe é intenso, com formação de placas brancas e exsudato (líquido com alto teor de proteínas e leucócitos) que lembram as lesões da candidíase (sapinho) e da difteria, doença comum no passado, mas pouco frequente hoje em dia. Os gânglios linfáticos avolumam-se, particularmente os do pescoço, e a infecção também pode provocar alterações no fígado e no baço.

Característico da mononucleose, porém, é o enorme aumento do número de linfócitos no sangue e, o que é muito sugestivo, a aparência anormal que uma parcela deles adquire. São os chamados linfócitos atípicos que, detectados no hemograma realizado rotineiramente nas doenças infecciosas, valorizam a possibilidade de tratar-se de mononucleose infecciosa.

O sinal de Hoagland também é um sintoma importante na mononucleose infecciosa. Você poderia caracterizá-lo?

As pálpebras superiores ficam inchadas, a fenda palpebral diminui, o que dá ao paciente a aparência quase de um oriental, com os olhos bem fechadinhos. Esse sintoma foi descrito pelo coronel Hoagland que o identificou em recrutas militares dos Estados Unidos.

O exantema também faz parte dos quadros de mononucleose?

O exantema ocorre, talvez, em 8%, 10% dos casos. No entanto, essa taxa salta para 80%, 100%, se o paciente for erroneamente tratado com antibióticos, especialmente os do grupo da ampicilina e da amoxilina, até porque a garganta muito inflamada e a presença de exsudatos podem levar um médico menos avisado a confundir mononucleose com amidalite purulenta.

Existe perspectiva de vacina contra a mononucleose?

Não há. A obtenção da vacina é um campo que tem despertado pouco interesse nos pesquisadores.

Fonte: Drauzio Varella

 

Bom Carnaval a todoooos!! E cuidem-se!

Beijoss

Desfile Dra. Cherie no 34º CIOSP

fevereiro 5

Oiii pessoal,

No dia 29 de Janeiro o 34º CIOSP (Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo) parou para ver o Desfile mais aguardado do evento. Mais de 70 mil pessoas passaram pelo Congresso naquele fim de semana, e uma boa parte dele estava prestigiando o desfile da Dra. Cherie em parceria com a Dental Cremer.

Plateia Desfile

Desfile lotado

A Dra. Cherie foi criada em novembro de 2014 pelas irmãs Ana Cecília Navarro e Ana Carolina Navarro. Situada em São João da Boa Vista, no interior de São Paulo, a Dra. Cherie atua através do comércio online. Os jalecos são feitos com criatividade e muita qualidade. Sou até suspeita para falar, porque eu AMO os jalecos e as touquinhas da marca. A ideia do desfile surgiu em uma reunião realizada pela equipe de marketing da Dental Cremer, liderada pela querida Andressa Baccarin em parceria com as irmãs Cherie, além do desfile veio a ideia dos modelos serem os próprios dentistas, e eu fui uma delas (vivaaaa! kkk). Os dentistas convidados a desfilar foram alguns Instabloggers, ou melhor Odontobloggles: Euzinha kkk @clinicaozelamecosta, Dra Maria Paula @dicasdadentista, Dra Alana e Dr Fabiano @dentistasfit, Dra Fernanda Urbini @minhaodontopediatra, Dra Ivana Ferreira @odontobeuty2014, Dra Juliana Vinciarelli @juvinciarelli, Dra Maria Ines Barros @diariodeumaodontopediatra, Dra Sarah Borges @blogdentistadiva (que infelizmente 🙁 nao pode ir ao desfile), Dra Rafaela @odontoemfoco, Dra Alessandra Souza @dentistasoprabaixinhos, Dra Thalita Galassi @drathalitagalassi e Dr. Lucas Gazzinelli @superdentista, pessoas muitoo queridas que eu tive o prazer de conhecer pessoalmente. Da uma olhadinha nos instas dela galera que vale muito a pena! 😉

Batidores

Backstage

 

 

Dra Maria Ines, Dr Lucas e Dra Rafaela nos batidores do Desfile

Dra Maria Ines, Dr Lucas e Dra Rafaela nos batidores do Desfile

Eu desfilando com o Jaleco Petit Cherie Sailor

Desfilando com o Jaleco Petit Cherie Sailor

Com o Dr Lucas e Dra Ana Cecilia desfilamos a linha Sailor

Com o Dr Lucas e Dra Ana Cecilia, desfilamos a linha Sailor

 

 

Me sentindo fitness com Dr Fabiano e Dra Alana no @dentistasfit e Dra Ana Cecilia Navarro

Me sentindo fitness (kkk) com Dr Fabiano e Dra Alana do @dentistasfit e Dra Ana Cecilia Navarro

 

Com as lindas Dra Ivana e Ana Carolina Navarro desfilando a linha Oncinha

Com as lindas Dra Ivana e Ana Carolina Navarro desfilando a linha Oncinha

Toda de oncinha

Toda de oncinha

Com as lindas Dra Maria Ines e Dra Thalita Galassi

Com as lindas Dra Maria Ines e Dra Thalita Galassi

 

 

Team Cherie reunido

Team Cherie

Fotos espontâneas no backstage kk

Fotos espontâneas no backstage kkk

E para finalizar com chave de ouro, o video mais aguardado, feito com muito carinho pela Dental Cremer! Espero que gostem! CLIQUE AQUI PARA VER O VIDEO! Mais uma vez, obrigada Dental Cremer e Dra. Cherie pela oportunidade, foi lindo!

Beijosss

 

 

34º CIOSP – Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo

janeiro 22

Olaa pessoal,

Comemorando 59 anos de existência, o 34° CIOSP marca não só a consagração de um evento de repercussão e importância mundial, mas também representa, na prática, a força de uma entidade sólida e comprometida com a classe odontológica, como é a APCD – cuja atuação na formação e no crescimento profissional e científico dos cirurgiões-dentistas de São Paulo e de todo o Brasil é notável.

O CIOSP põe em prática os principais objetivos da APCD, que é atualizar seus participantes, promover a troca de experiências, desenvolver o senso crítico dos especialistas, estimular parcerias e ainda realizar uma feira comercial que se posiciona entre as quatro que geram o maior volume de negócios em nível internacional.

Com o lema “Por uma Odontologia de excelência”, o 34º CIOSP é o primeiro grande evento do ano no Estado de São Paulo. Na edição passada, recebeu mais de 85 mil congressistas para a grade científica e atraiu muita gente ao Expo Center Norte durante os quatro dias do evento – onde expositores nacionais e estrangeiros apresentaram os últimos lançamentos da indústria odontológica. Do ponto de vista científico, houve mais de 400 horas de cursos, workshops, fóruns e hands on.

dericoAliás, com uma programação SOCIAL sob o comando do músico Derico (Programa do Jô), que, junto à sua banda, receberá um cantor ou cantora de sucesso em cada fim de expediente, não faltará animação no Expo Center Norte. Os shows vão acontecer sempre às 20h na Praça de Alimentação. (Fonte:blogciosp)

Os convidados do Derico serão nada mais, nada menos que, Sandra de Sá, Maria Gadu (adoroo), “a metade da laranja…” Fabio Junior e “Procuro um amoooor que seja bom pra mim, vou procurar, eu vou ate o fimmmm…” Frejat (amo)! Muito legal ne?!

social ciosp

 

 

 

 

Estarei presente no congresso dia 28 e 29 de Janeiro, um dos eventos mais bacanas que irei participar será o Desfile da Dra.Cherie uma das minhas marcas de jalecos preferidas em parceria com a Dental Cremer , o desfile será realizado no dia 28 (sexta-feira) as 15h na praça de alimentação. Contara não so com a minha presença como a de varias outras Odontoblogges! Com vergonha ou não, estarei esperando por vocês! Hahaha

ciosp

E para quem não estara presente no Congresso, não fique triste, vamos fazer uma cobertura completa com tudo que vai estar rolando de mais legal por la. Fiquem ligados aqui no Blog , Snapchat (clinicaozelamecosta) e no Instagram (/clinicaozelamecosta)! Nos adicione. 🙂

Quem vai no CIOSP??? Bora!

Beijosss

 

 

 

 

 

TORNANDO A PRIMEIRA CONSULTA ODONTOLÓGICA MAIS LÚDICA

janeiro 13

A primeira visita ao consultório odontológico, trás muita insegurança dos pequenos e ate de seus pais, devido ao local e pessoas desconhecidas. Com algumas condutas podemos deixar o paciente odontopediátrico mais a vontade.

Devemos nos ater ao comportamento da criança e de seus responsáveis já na sala de espera, observando como a criança se relaciona com as pessoas ao seu redor, como trata seus pais, se respeita os mesmos, se é uma criança agitada ou uma criança contida por exemplo. São informações valiosas que podemos colher, e assim traçar uma estratégia de como abordar o pequeno.

Quando iniciar e como realizar a higiene bucal dos pequenos?

abril 29

Essas são dúvidas muito frequentes entre os pais e responsáveis. Geralmente os dentinhos dos pequenos começam a irromper (nascer) a partir do 6º mês de vida, este já é o momento ideal para levar a criança ao Odontopediatra (dentista especialista em crianças). O profissional irá auxiliar os pais a como realizar a higiene bucal do bebê, quais produtos usar e qual conduta tomar caso a criança seja relutante de início a escovação.